continuação (2 parte)

Maio 22, 2009

continuação….
Por volta dos 16 anos  a minha maior mudança foi o interesse pelas mulheres, ou melhor pelas meninas da minha idade da altura, apaixonava-me por todas as meninas que se pareciam com as estrelas de cinema ,faziam-me chorar e eu era extremamente atencioso e gentil com elas todas, porem com o tempo vieram as frustrações, os desgostos, as decepções comecei a perceber o difícil universo feminino. Aos 20 quis ser musico, juntei-me a bandas e consequentemente acabei por  estudar teatro e cinema na faculdade, alem de começar a beber, “fumar” e deixar crescer a barba. isto já na década de 90.
A tropa chegou, aprendi alguma coisa na tropa? Com certeza! Por exemplo, estão a ver aquele estereótipo do oficial que tem a mania que é o maior mas que, na realidade, não passa de um grande imbecil? Pois ele existe… quando fui para a tropa pensei que ia servir o meu país. mas nao. Os soldados estão lá para servir oficiais inúteis e ociosos, incapazes de fazer a própria cama, e sargentos barrigudos , cristalizados no tempo. No máximo, servimos um Portugal com o qual não nos identificamos…. continua

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: